A importância da certificação ISO 900

A classificação é concedida àquelas empresas que seguem as normas de um sistema gerencial de qualidade que envolve inspeção, controle e planejamento. Para que um produto ou serviço esteja apto para comercialização é necessária uma série de certificações. O processo garante a segurança do cliente e a certeza de que o bem adquirido segue um padrão de regulamentações exigidas pelos órgãos controladores, como INMETRO, por exemplo. Da mesma forma, as empresas também são avaliadas a partir dos seus modelos de gestão. Esta é a finalidade da certificação ISO 9001.


A classificação é concedida àquelas empresas que seguem as normas de um sistema gerencial de qualidade que envolve inspeção, controle e planejamento. Com o reconhecimento, é possível afirmar que a instituição desenvolve o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) da ISO 9001 em seus processos internos, garantindo a realização de frequentes auditorias para manutenção das regras. A partir disso, um técnico de qualidade auxilia na padronização dos procedimentos internos, na gestão de riscos, no apoio às informações documentadas, na definição dos métodos de mediação e monitoramento utilizados, entre outros.

Os fatores avaliados pelo SGQ são fundamentais para o desenvolvimento saudável de uma organização. Para isso, é essencial a participação de todos os colaboradores na aplicação do mecanismo no dia a dia das empresas. Uma corporação certificada gera vários pontos positivos. O relacionamento de uma equipe segura e alinhada, por exemplo, transmite de forma consciente seus conhecimentos como foco principal do negócio, ampliando as chances de atender as necessidades comerciais e conquistar novos clientes. Assim como a preparação e segurança da equipe também torna possível o aumento da receptividade durante as pesquisas e monitoramentos de satisfação.

O modelo de gestão exigido pela ISO 9001 foi revisto em 2015 para abranger seu entendimento e sua aplicação nas empresas. Elementos como um roteiro de normas e revisão os sistemas foi padronizado, bem como as necessidades e a mentalidade de risco das organizações. Qualquer empresa pode implantar o sistema de gestão, independente do seu tamanho ou setor de atuação.

A certificação reduz os custos de diversas áreas, assim como aumenta a eficiência dos processos interno, garantindo melhores oportunidades e maior competitividade frente aos mercados nacional e internacional. Para o consumidor, a grande vantagem é ser atendido por organizações que têm o objetivo satisfazê-lo de forma estruturada e focada no aumento da sua satisfação.

Leonardo Antuch - Professor do curso técnico em qualidade da Escola Profissional Fundatec (EPF).